Lambda entrega “outros corpos nossos” à Ministra da Justiça Helena Kida

A ministra da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos – Helena Mateus Kida recebeu ontem, 10 de junho, em Maputo, o livro sobre o grupo cultural da LAMBDA e comunidade LGBTQIA+ moçambicana “Outros Corpos Nossos”.

A titular da pasta da justiça moçambicana recebeu o livro das mãos do Oficial de Pesquisa Formação e Direitos Humanos na LAMBDA – Dário de Sousa, depois de testemunhar uma apresentação artística do grupo cultural da maior e mais antiga organização LGBTQIA+ do país, no local que acolhe desde a manhã de hoje, o 1º Simpósio Internacional Género no Judiciário: Julgar com perspectiva de Género.

Para o Grupo Cultural da LAMBDA ter a oportunidade de se apresentar num evento da dimensão deste Simpósio, organizado pelo Centro de Formação Jurídica e Judiciária – CFJJ, uma instituição tutelada pelo Ministério da Justiça do nosso país, e ainda poder fazer a entrega de um livro que retrata as vivências da nossa comunidade a uma governante, “tem o peso de destapar o véu sobre algo que a sociedade teima em invisibilizar”, defendeu De Sousa.

Segundo de Sousa, “significa ainda que a comunidade LGBTQIA+ não pode ser mais vista como a escoria da sociedade, aqueles que não podem aparecer à vista de todos. A comunidade está a aparecer e a se mostrar como sugere o título do livro, Outros Corpos que também são nossos, que ultrapassam os corpos hipersexualizados pela maioria e se fixam no domínio do que se pode aplaudir e evidenciar.”

Igualmente, a Directora do Centro de Formação Jurídica e Judiciária – CFJJ – Dra. Elisa Samuel Boerekamp, recebeu uma cópia do mesmo livro.

Lançado em 2021, em Maputo, o livro “Outros Corpos Nossos” sobre o grupo cultural da LAMBDA e a comunidade LGBTQIA+ têm em vista facilitar um diálogo em torno da vida LGBTQIA+ em Moçambique, promovendo visibilidade e o empoderamento desta comunidade através de uma linguagem fotográfica e da história oral como estratégias de produção de arquivo e activismo. (Nota Informativa)

Exit mobile version