Moçambique e Ucrânia reforçam relações com abertura de Embaixada em Maputo

O Governo ucraniano passou, a partir da segunda-feira (15), a dispor de uma embaixada na cidade de Maputo com o objectivo de estreitar ainda mais as relações diplomáticas existentes entre os dois países.

“A abertura desta representação diplomática vai ajudar a reforçar as relações entre as duas partes, por isso, estamos cá para nos apresentarmos aos mais altos dirigentes moçambicanos”, explicou o vice-ministro e representante especial da Ucrânia para África e Médio Oriente, Maksym Subkh.
O responsável salientou os “laços muito profundos de amizade e parceria. “Por isso, temos a certeza que a abertura da embaixada vai inaugurar uma nova página nas nossas relações em diversos domínios”.

No mesmo âmbito, Maksym Subkh reuniu-se com a ministra moçambicana dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Verónica Macamo, a quem transmitiu palavras de agradecimento do Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, e do ministro dos Negócios Estrangeiros, Dmytro Kuleba, pelo apoio que o País tem prestado para o restabelecimento da paz.

“Falei com a ministra sobre a preparação da cimeira de paz, que terá lugar no próximo mês de Junho na Suíça, e que vai ajudar na promoção da paz na Ucrânia que agora está a sofrer com a invasão russa. Queremos Moçambique a participar neste evento”, sublinhou.

Ainda no encontro, o representante especial da Ucrânia destacou “a possibilidade de haver intercâmbios ao mais alto nível, a expansão da base jurídica e o estabelecimento de relações ao nível dos parlamentos dos países para o aprofundamento da partilha de experiências”.

O anúncio sobre a manifestação de interesse para a abertura de uma representação diplomática ucraniana em Moçambique foi expresso no ano passado em Maputo, durante um encontro entre Dmytro Kuleba e o Presidente da República, Filipe Nyusi. (Diário Económico)

Exit mobile version