Autorizados investimentos de 1,92 mil milhões de euros no Porto de Maputo

O Governo moçambicano autorizou a concessionária do porto de Maputo a investir 1,92 mil milhões de euros e estendeu o contrato de concessão por mais 25 anos, anunciou [ontem] o porta-voz do executivo.

Filimão Suaze disse, em conferência de imprensa, que o novo prazo de concessão do porto de Maputo vai contar a partir de 2023.

Suaze falava no final da sessão semanal do Conselho de Ministros, em Maputo.

O porta-voz disse que os investimentos adicionais previstos, no valor de 2.060 milhões de dólares (1,92 mil milhões de euros) visam permitir o aumento da capacidade de manuseamento de carga da infraestrutura portuária e são parte do plano de negócios da entidade concessionária.

O contrato de concessão entre as autoridades moçambicanas e a sociedade gestora do empreendimento foi assinado em 22 de setembro de 2000.

 

PMA // JMC

Lusa/Fim

Exit mobile version