Notice: Undefined index: weather_location in /home/integrit/public_html/wp-content/plugins/jnews-weather/class.jnews-weather.php on line 64
Disponíveis mais de 10 milhões de USD para o investimento no sector de cabotagem do Porto de Mocímboa da Praia

Disponíveis mais de 10 milhões de USD para o investimento no sector de cabotagem do Porto de Mocímboa da Praia

INTEGRITY-MOÇAMBIQUE, 10 de outubro de 2023- A informação foi partilhada pelo Administrador do Porto de Mocímboa da Praia, Helênio Turzão, durante a inauguração da infraestrutura ontem pelo Presidente da República, Filipe Nyusi.

Turzão disse aos presentes que naquele momento estavam a testemunhar uma “vitória da nossa resiliência, resiliência dos moçambicanos”, onde enalteceu os  esforços do Presidente da República, Filipe Nyusi, com vista a restaurar a ordem e tranquilidade públicas em Cabo Delgado.
“Queremos estender a nossa saudação ao Distrito, ao Governo e a Secretaria de Estado nas pessoas das respectivas lideranças, entidades cujo suporte foi e é inestimável.  Queremos também agradecer o apoio total e incondicional que neste percurso nos foi prestado pela direcção do Ministério dos Transportes e Comunicações, na pessoa do seu timoneiro, e toda sua equipa”, afirmou Helênio Turzão.
De acordo com o dirigente, o acto que estavam a testemunhar, era “um momento de grande significado para Mocímboa da Praia, para Cabo Delgado e para o País”.  Na verdade, é um dia de muita emoção para todos nós.
Principalmente, num contexto marcado por adversidades, a inauguração do Porto servia de um farol de esperança e representava uma vitória dos moçambicanos contra os inimigos do bem-estar e do progresso.
“Este acto é resultado de uma colaboração verdadeiramente notável, e é um exemplo de como, juntos, podemos superar os desafios mais complexos”, disse Helênio Turzão.
Prosseguindo, afirmou que “o Porto de Mocímboa da Praia não é apenas uma infraestrutura, mas um símbolo de resistência e uma promessa de recuperação. Estamos cientes dos desafios que ainda enfrentamos”.
“A segurança da população e dos bens que aqui irão transitar será sempre uma prioridade inabalável para os investidores. As obras de reabilitação ascendem a 8,5 milhões de dólares americanos e esta infraestrutura não será apenas uma zona de entrada e saída de mercadorias, mas também um ponto de partida para oportunidades de emprego, crescimento económico e desenvolvimento para a comunidade local”, defendeu Helênio Turzão.
De acordo com Turzão, com a reabertura do Porto de Mocímboa da Praia, iremos atingir nesta fase 600 mil toneladas, mas a nossa meta é de um milhão de toneladas por ano.  Trata-se de um enorme desafio mas que é alcançável”.
Acrescentando, avançou que “estamos empenhados em garantir que os benefícios deste Porto sejam sentidos por todos, promovendo programas de capacitação e iniciativas que impulsionam o desenvolvimento sócio-económico não só de Mocímboa da Praia, mas da região”.
“Em suma, hoje celebramos não apenas a inauguração de uma infraestrutura, mas sim a renovação da esperança e a promessa de um futuro mais luminoso para Cabo Delgado. Com determinação, solidariedade e trabalho árduo, iremos superar os desafios que enfrentamos e construir um futuro que honre o espírito incansável desta comunidade”, defendeu Helênio Turzão.
Para Turzão, o futuro de Mocímboa da Praia é de esperança e é baseado neste valor nobre que iremos continuar a apostar em investimentos assinaláveis nesta região do país.
Na ocasião, revelou que “a empresa que represento tem em carteira investimentos na ordem de 10 milhões de dólares para o sector da cabotagem e para isso já estamos a trocar impressões com o Ministério dos Transportes e Comunicações”.
Investir nos portos e na cabotagem é não apenas uma decisão sábia, mas também uma contribuição valiosa para o desenvolvimento sustentável do país. Investimentos bem direcionados não apenas aumentam a capacidade de movimentação de cargas, mas criam empregos locais e oportunidades de negócios.
Além disso, ao incentivar o comércio interno, estamos a fortalecer os sectores produtivos da nossa economia. E devo reconhecer que estamos satisfeitos com as abordagens que as partes colocaram sobre a mesa.
“Nós avançamos para a cabotagem porque acreditamos que é viável e tudo faremos para que aquela seja uma alternativa viável para o transporte de diversos tipos de mercadorias no nosso país”, garantiu Helênio Turzão, Administrador do Porto de Mocímboa da Praia. (INTEGRITY)
Exit mobile version