Notice: Undefined index: weather_location in /home/integrit/public_html/wp-content/plugins/jnews-weather/class.jnews-weather.php on line 64
Após o último “massacre de 12 civis”: População abandona aldeia e exige instalação de um “quartel” como condição para o seu regresso

Após o último “massacre de 12 civis”: População abandona aldeia e exige instalação de um “quartel” como condição para o seu regresso

INTEGRITY-MOÇAMBIQUE, 28 de setembro de 2023-Foi durante uma reunião dirigida pelo Governador da Província de Cabo Delgado, Valige Tauabo e a população da aldeia Naquitengue, localizada no distrito de Mocímboa da Praia, e actualmente acolhidas na vila do distrito, que os representantes dos mais de mil deslocados exigiram que a única condição que lhes pode fazer regressar as suas casas é com a instalação de um quartel militar e composto por elementos das Forças de Defesa e Segurança (FDS) do Ruanda.

No evento em que Valige Tauabo pediu confiança nas autoridades, a população que falou no encontro foi perentória ao dizer para o governador que só voltariam à aldeia com a instalação de um quartel, porque de tudo que vivenciaram no passado dia 14 de setembro de 2023, não gostariam de voltar a passar por aquilo, onde 12 civis foram assassinados e outros três feridos.

Diante das novas incursões terroristas, mais pessoas abandonaram algumas aldeias de Mbau e Marere, no distrito de Mocímboa da Praia, onde recentemente foram encontrados três corpos de mulheres sem vida e com sinais de decapitação, num campo de cultivo.

De referir que as autoridades nacionais mostram preocupadas com as últimas incursões e ontem (27.09) o Ministro da Defesa Nacional, Cristóvão Chume, alertou sobre a escalada de mais ataques terroristas, conforme vem se verificado nos últimos dias com o uso de engenhos explosivos contra blindados militares em Macomia e Mocímboa da Praia. (O.O.)

Exit mobile version